Casa DCS

O cuidado de uma inserção delicada da arquitetura na topografia natural e a preocupação em privilegiar a intimidade dos usuários e sua relação com a natureza em todos os ambientes, foram pontos de partida para a concepção do projeto.

O terreno localiza-se em uma região muito chuvosa, e era preocupação dos clientes garantir a abertura dos vãos mesmo em dias de alta pluviosidade. Havia também a demanda por privacidade e independência dos espaços do quarto principal e escritório em relação ao restante da casa. Nos solicitaram volumetria com plasticidade inovadora e que de alguma maneira impactasse menos no meio ambiente.

Nossa proposta foi de moradia em dois níveis, como um grande S que valoriza e utiliza o desnível natural do terreno, enquanto também cria identidade diferenciada para a volumetria.

Aproveitando o desnível do terreno, o acesso a casa se dá tanto pelo nível superior, fazendo a construção parecer térrea quando vista desde o acesso, quanto pelo nível de baixo.

Os beirais esbeltos foram estendidos nos dois pavimentos, protegendo as esquadrias da chuva, e mesmo da incidência solar em excesso, se transformando em varandas de dimensões generosas, por onde acontecem as opções de acesso e lazer na casa.

Os cômodos destacados ficam no nível superior, e podem ser alcançados diretamente da rua, de maneira autonoma, ou desde o andar térreo, nivelado à maior parte aberta do terreno, onde estão dois outros quartos, a área social, a cozinha e a parte de serviços.

Além da extensão da cobertura, foram utilizados brises horizontais para a proteção da fachada da incidência solar direta, para privilegiar condições naturais de conforto térmico.

Do pavimento de acesso, um mezanino permite a visão da sala, no pavimento inferior. Uma estante, que atravessa o pé direito duplo, pertence aos dois pisos da casa, e funciona como filtro visual entre a sala de estar e a cozinha.

Os principais materiais utilizados são a madeira certificada e coberturas vegetadas, podendo circular sobre elas, transmitindo sensações de aconchego e conforto associados a redução de impactos ambientais.

FICHA TÉCNICA

 Área Construida: 233 m²

Execução: 2010

Arquitetura: Viviane Cunha Arquitetura

Equipe: Viviane Cunha, Flávia Ethève, Rosi Vellasco

3D: Ricardo  Nascimento

PRÓXIMO PROJETO